Capítulo por Capítulo – Fairy Tail #283

Capítulo por Capítulo – Fairy Tail #283

E aí galera, tudo tranquilo? Bom, com o final animador do capítulo 282 aposto que todo mundo ficou tão ansioso por esse capítulo quanto eu. O Natsu invadiu sozinho o alojamento da, até então, guilda mais forte de Fiore, por causa de uma mulher que ele mal conhecia a dez minutos atrás. O capítulo dessa semana foi tão empolgante quanto o da semana passada, então vamos logo para a matéria.

IMPORTANTE: As matérias dessa seção poderão conter spoilers, então, se você ainda não leu o capítulo em questão, vá ler e depois volte aqui para ler a matéria.

Fairy Tail #283 – Natsu VS Sabertooth

Bom, esse capítulo começa exatamente aonde acabou o último, o Natsu no meio do salão do alojamento da Sabertooth desafiando o Genma, o mestre da Sabertooth. Natsu chega dizendo coisas sobre valorizar os companheiros e Genma insiste em dizer que não sabe do que ele está falando, o que deixa Natsu mais furioso ainda. O mestre então manda que um ninja – ou pelo menos um cara que se veste como um ninja – chamado Dobengal seja o adversário de Natsu, dizendo que se um mero soldado como ele quer lutar com um mestre ele deveria provar que é capaz. Dobengal vai pra cima de Natsu dizendo que não o deixaria chegar perto do mestre, no entanto o coitado não aguenta nem um soco do Natsu, e já vai a nocaute. Sting então se oferece para continuar a luta, sendo impedido por Gouken Genma que finalmente resolve lutar. O dragonslayer do fogo vai com tudo pra cima do mestre da Sabertooth e, naturalmente, enche ele de pancada. Coisa estranha de ser ver, não é? Um mestre de guilda apanhando para um simples mago – que por sinal nem é de Rank S -. Mas é aí que está, até então Genma não tinha lutado de verdade, ao que parece ele apenas foi pego de surpresa pelo excesso inesperado de habilidade de Natsu. No momento em que a luta está prestes a “pegar fogo” aparece uma mulher jovem e bonita que contém os avanços dos dois. Essa mulher é Minerva, o quinto componente do grupo de magos que tornou a Sabertooth a guilda mais poderosa de Fiore e, aparentemente, filha de Gouken Genma.

Ela pega Happy de refém e oferece um acordo, Natsu poderia ter o Happy de volta são e salvo e troca de sair dali sem fazer mais nenhum estrago. Natsu se vê sem escolha e vai embora com Happy nos braços, mas não sem antes dizer que como uma guilda eles deviam cuidar de seus companheiros. E na última página vemos mais uma demonstração de humanidade de Rogue, reconhecendo que não existem laços de companheirismo em sua guilda e com uma expressão ligeiramente triste no rosto, e a visível excitação de Sting ao ver o poder de Natsu, isso provavelmente porque ele tem como objetivo derrotá-lo.

Bom galerê, é isso. O capítulo dessa semana foi mais pancadaria então tem pouca coisa pra contar, gostei muito do Natsu ter descido o sarrafo no Gouken Genma e também gostei de ver a Minerva de quem tanto falavam, ela deve ser uma maga muito poderosa, pra segurar o ataque do Natsu daquele jeito. É complicado pensar que, além da Sabertooth, a Fairy Tail ainda tem a Raven Tail pra se preocupar e o tal do “Eclipse” que ninguém sabe ao certo o que é até agora. Agora deve voltar o foco para a competição denovo e com a Minerva participando as coisas devem ficar mais interessantes, eu não sei vocês mas eu estou ansioso para as próximas lutas, podem acontecer coisas incríveis daqui pra frente. Depois que eu vi o Elfman ganhar do Bacchus eu não duvido de mais nada. Mas então, só podemos esperar até sair o capítulo da semana que vem pra saber o que vai rolar daqui pra frente, esperemos que não atrase. Então é isso galerê, espero que vocês tenham gostado, apesar da matéria ter ficado curta, espero não ter esquecido de nada, e não se esqueçam de comentar e de continuar acompanhando a seção Capítulo por Capítulo aqui no Top10Animes. Um abraço e até semana que vem.

Gostou do texto? Curta nossa Fanpage!

Escreva um comentário

2011-2018 .::. Top10animes. Política de Privacidade | DMCA (English).
 "Um filme só é bom quando, este, depois de 20 ou 30 anos ainda mexe com as pessoas que o assistem" - Hayao Miyazaki